quinta-feira, 5 de março de 2009

que passada é essa?!

Minhas pernas vão sozinhas.
Essa dança, esse começo,
variações que não são minhas.
Agora sei, eu reconheço,
somente reflexos de seus olhos
tão simples de conquistar.
Mas eu a procurar
as chaves em molhos,
demorei a entender que um simples sorriso
abriria as portas para essa nossa dança.
Nessa passada, uma estonteante alegria
não aterrizo.
Continuo sem guardar lembrança
para sentir mais uma vez, euforia
de acordar a seu lado, mais um dia.

Eu te amo Lya.

Gustavo Ruzzene Ramos

3 comentários:

Caroline Mendes disse...

Que lindo!! *-*
É por ter um blog tão lindo que faz sorrir todos que o leem, que o indico ao selo "Esse blog me faz sorrir".

Para pegá-lo e ver as regras:
http://cantodoescritor.blogspot.com/

Acantha disse...

lindo mesmo!!!! meu amor!!

Verdes Confissões disse...

Nooooossa, adorei!!
Ao mesmo tempo que fala sobre a dança, inclui algo quente às palavras.