quinta-feira, 5 de março de 2009

Atravessando as pernas




Hummm, esse vai e vem
esse feitiço que só a gente tem.
Entrelaçando cada movimento,
dançando horizontalmente como vento.
Variando entre tango e valsa,
você simplesmente me calça.
As vezes, no meio do sobe e desce,
puxa e estremece,
escapa aquela expressão,
de canto de boca, que mostra o dente,
uma certa tensão
latente,
que aparece como um trovão
mais alguns vem e outros vão...
E continuamos os dois...hora a hora...
Noite a fora...

Gustavo Ruzzene Ramos

16 comentários:

manzas disse...

Sublimes versos escapam das almas dos poetas
Viajando até ao fundo dos céus como balões …
Suspensos ficam no tecto brilhando poesias inquietas
Reflectindo olhos orvalhados em prados de emoções

Dedicado a todos
Os poetas e poetisas
Deste mundo,
Os que já adormeceram,
E aos outros
Que ainda nem sono têm...

Bem hajam!

Uma boa sexta-feira e um melhor fim-de-semana…

O eterno abraço…

-MANZAS-

Alice Daniel disse...

Gosto da poesia cadenciada, leve e forte ao mesmo tempo, onde as rimas se fazem sem regras.

Marcio Santos disse...

legal
otimo fim de semana pra vc tbm!

atualize sempre t+

Se puder passa no meu blog:

http://paginadacomedia.blogspot.com/

Verdes Confissões disse...

Gosto de poesia como essa, inclui ênfase em simples palavras.

Um beijo!

jaka disse...

"...e na hora do breque um belo arroto de coca-cola..."

Cássia Barbosa disse...

Uau!
Adorei! Ao mesmo tempo q vc explicava a dançar, algo mais quente surge... Adorei seu modo de escrever, passarei aqui mais vezes. Muito bom mesmo!

bjos!

http://www.porta-joias.blogspot.com/

Dênis Rubra disse...

fala Gustavo
muito bom o seu blog
obrigado pela visita, e seja sempre bem vindo la.
abraço

Gustavo Martinho disse...

pokakopakopakop...
as rimas não são exatamente regras...
mas como um bom músico...
não consigo achar nada bonito se não tiver musicalidade...

Dani disse...

bonita a poesia, gostei da foto postada tambem.
=D
bacana o blog,


http://nadadelicada.blogspot.com/

Rafaela Kley disse...

MUITO BOM! Sério, uma das melhores postagens que eu li essa semana!
Poesia clara, mas ao mesmo tempo misteriosa e surpreendente.
Resumindo: Sexy!
Parabéns!

Jaacke disse...

Ah, obrigada pelo seu comentário. Isso que você falou é bem verdade! Infelizmente...

Gostei dos versos, muito bonito!
Beeijos

Aleatóriamente colorido disse...

Uau, adorei.. muito envolvente!
Parabéns!

http://aleatoriamentecolorido.blogspot.com

мiмi ' disse...

adorei o seu blog!
li todos os posts da primeira pag. seus poemas são bem simples e é essa simplicidade que deixa mais interessante ;D

vou te add nos meus favoritos ;*

grupo gauche disse...

que ritmo!
muito linda sua poesia, gustavo!
aquele abraço pra ti!

Lautert Fotografia disse...

Ola
retribuindo a visita.

muito legal seu blog.

abraços

adolescencte disse...

lol Muito bom...
A dança é um fetiche sexual, a harmonia de dois corpos se entrelaçando em uma pista de dança na perfeição de passos, perfeito.

abraço