terça-feira, 19 de agosto de 2008

Acertando o Passo...esclarescendo (fim)


nossa...como odeio minha bipolaridade...
minhas palavras não acompanham minhas
ideias...
enfim...falar de mais de um assunto ao mesmo tempo...costuma confundir...mas...voltando...

para entender melhor a ligação entre isso...
é preciso se questionar...
por que é preciso vivermos a realidade?
tudo que você fez de sua vida...o que fica?
é tão importante assim..."ser real"?
se isso não estiver bem definido...não vejo razão
para fazer mais nada além de vegetar numa cama vendo seus dias apodrecendo...
se tudo que vivemos não é a realidade... é somente uma fase insana...
sinto muito...mas ao invés de me martirizar buscando a realidade...eu vou aproveitar cada
gota de loucura!
"loucura"...esse é o ponto...a ligação que eu buscava...de "inteligência" e "existência"!
não sei o que é pior... saber que você é feito de vácuo, saber que você, na cabeça de outro,
"pode ou não existir"... ou tentar escolher entre "o vazio culto que a droga da inteligência
proporciona"...ou a "falsa felicidade que a ignorância proporciona"...

pra entender...sempre é bom citar exemplos...certa vez...eu estava conversando(modéstia...
eu estava interrogando ferozmente) uma escritora...como se eu fosse a consciência dela...
eu perguntei à ela porque ela queria ser inteligente...ela me disse que era para estar
entre os ignorantes... infundado?..mas foi a única resposta que obtive...de todos que perguntei!
confesso que senti uma pontada de vontade de me tornar inteligente...
quase tive uma recaída... mas me segurei forte...firme no meu caminho...
naquele que escolhi ser estúpido!

2 comentários:

C. disse...

quase tive uma recaída... mas me segurei forte...firme no meu caminho...
naquele que escolhi ser estúpido!



digamos que eu ame você porque você é de uma sabedoria estúpida das mais lindas. e não há absolutamente nada que me faça crer que você não é um gênio escritor. No fim... naquele papo de sermos que queremos ser, acho que ambos conseguimos. Um para o outro, amigo.

Luciene de Morais disse...

Bem, a mim parece que você NÃO escolheu ser estúpido, afinal!!
Já leu o Fausto??
rsrsrsr