quarta-feira, 8 de abril de 2009

Ceninha platonesca

Quanto drama você fez
ainda que eu te disse
que seria só uma vez
talvez se comigo você dormisse
mas com: castidade
arrogância e uma certa rispidez
me despertaram
uma vontade de fazer só por maldade
deixando a consciência e sensatez

Por fim, te depedram

Agora,
eu que nunca estive dentro,
mas somente olhando por fora,
me deleito
sem medo nem pudor
vendo o fim de seu amor
repousando com o crucifixo no peito.

Está aí, um lugar que nunca entro...

Gustavo Ruzzene Ramos

4 comentários:

Acantha disse...

aushaushaushau
amei... falei já!! Bom humor comum sarrinho gostoso na mulhr né baby.


Amo vc

Daniela Lima disse...

nossa!!
...esta aí um lugar que nunca entro...
Forte, mas bonito!!!

C. Martinez disse...

mas vale fazer humor, sr pokapoka!

Juliana disse...

pior que eu nem ando com idéias do que escrever no blog..
vai casar mesmo heheh:P